Na minha primeira ida a Buenos Aires comprei na rua uma edição completa de “El Eternauta” (capa abaixo), obra prima do roteirista Héctor G. Oesterheld e do artista Solano López, seguramente umas das melhores HQs de ficção científica que já li. A saga original, que é a que tenho, foi publicada na Argentina entre 1957 e 1959 e teve várias sequências ao longo das décadas seguintes.  Sobre a trama, não digo nada. Melhor descobrir lendo a estória, como aconteceu comigo. O roteiro e diálogos de Oesterheld em conjunto com arte expressiva de López me arrebataram de cara! Cada página era uma nova descoberta ou reviravolta, me senti em um filme de suspense acompanhando as angústias dos personagens frente a algo desconhecido e letal.

000

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não precisa ir pra Argentina para ler o gibi, apesar de uma viagem pra lá ser tudo de bom. “El Eternauta” já foi publicado no Brasil em uma edição da editora Martins Fontes. Fãs de futebol vão curtir os momentos eletrizantes da estória que se passam em pleno estádio do River Plate! É ir à caça porque essa HQ vale muito a pena!

Eternauta eterriver