Assisti ontem ao filme espanhol “Abre Los Ojos” (1997). Não vou contar nada do filme, nem sinopse, nem nada, para não estragar o prazer, ou desprazer, de quem for se aventurar a vê-lo. Minha ignorância total a respeito da estória foi determinante para melhor apreciá-la mesmo o filme tendo sido lançado há quase vinte anos. Sempre é a primeira vez para alguém. Digo apenas que é um suspense sobre narcisismo, desilusão amorosa, identidades perdidas e um “algo mais” que foi tema recorrente em alguns filmes do fim do século XX.

Não é para todos os gostos. Eu gostei. Recomendo.

Abre_los_ojos_movie